O mundo pede tecnologia OpenSource para acudir a catástrofes naturais

538_disaster_bannerA Competição Young Innovators promovida pela ITU procura por jovens empreendedores, entre os 18 e os 30 anos, espalhados por todo o globo e impulsionadores de startups sociais, que utilizem tecnologia open source (código aberto) para “gestão de catástrofes”. Uma definição lata que pode incluir a prevenção propriamente dita, avisos e alertas, comunicações de emergência e resposta e recuperação de desastres naturais.

Frequentemente as áreas e comunidades mais vulneráveis e com maiores dificuldades na preparação e recuperação de catástrofes naturais são também as zonas mais pobres de um país. Para estas zonas as tecnologias de código aberto podem tornar-se na solução ideal, no caso de um evento catastrófico e situações de emergência, pois são soluções menos dispendiosas, mais adaptáveis e escaláveis de acordo com diferentes circunstâncias.

Inundações, terramotos, erupções vulcânicas, tempestades e furacões, incêndios florestais e outras formas de desastres naturais, tornam-se uma crescente ameaça tanto na frequência como ao nível de destruição.

Ilha da Madeira - Portugal

Ilha da Madeira – Portugal

Os desastres, além de provocarem mortes e feridos, podem ser altamente destrutivos eliminando infraestruturas e dizimando comunidades inteiras, despejando cidadãos e devastando economias. Com o aumento da população em números  e densidade, e à medida que os efeitos do aquecimento global se vão tornando mais frequentes e desencadeando desastres naturais destrutivos, os riscos estão a aumentar de forma preocupante.

As cidades e os países necessitam com urgência de novas ferramentas para preparar, responder e recuperar de eventos catastróficos a esta escala aumentada. As ferramentas que necessitam podem incluir tecnologias de comunicação, ferramentas educativas, novo equipamento salva-vidas durante um desastre, e novas ferramentas para ajudar a limpar, recuperar e reconstruir comunidades após o evento.

Tecnologia open source como por exemplo a impressão 3D, UAVs, Raspberry Pi, Arduino e outros programas de computador e sistemas open source, pode ser a chave para providenciar soluções sustentáveis nas mais pobres e vulneráveis zonas do globo, sendo já um elemento crucial nos sistemas de gestão de emergência em muitos países, uma vez que fortalecem as capacidades das comunidades ameaçadas pela Mãe Natureza.

disaster_article-2596811-0C37027300000578-908_634x513A actual geração de jovens empreendedores sociais, com a sua ambição, criatividade e mentalidade inovadora, ajusta-se perfeitamente a este desafio de desenvolvimento de novas ideias. Além do mais, o enfoque nas ferramentas de código aberto é uma chamada para o surgimento de novas tecnologias emergentes relacionadas com os desastres naturais e outros uma vez que o ambiente de partilha e esforço cooperativo no qual os programadores e inovadores se colocam irá permitir que o conhecimento e as ideias se espalhem pelas comunidades.

Para além disso, também procuramos inovadores que tenham ideias para a utilização de tecnologias icónicas da comunidade de inventores, criadores e designers e aplica-las a salvar vidas combinando-as com tecnologias low cost e de barreiras diminutas para ajudar as comunidades mais vulneráveis em todo o mundo.

A data final para receber as propostas neste desafio é o dia 31 de Julho de 2014.

Dois vencedores serão selecionados por desafio e irão receber até  USD 10,000 de investimento, formação, workshops dedicados e uma oportunidade de se mostrarem no InnovationSpace da ITU Telecom World 2014 em Doha, Qatar.

 

Nações Unidas desafiam jovens de todo o mundo

 

A ITU Telecom World lançou a quarta edição do seu popular concurso “Young Inovators”, que procura jovens e talentosos pensadores e social tecno-empreendedores por todo o globo, encorajando-os a apresentarem as suas ideias no ITU Telecom World 2014, evento que vai decorrer em Doha, em Dezembro deste ano.

A competição anual, lançada em 2010, proporciona uma oportunidade aos jovens de participarem em workshops de desenvolvimento de capacidade empreendedora, oportunidades de contactar e partilhar ideias com os protagonistas de ICT e até demonstrar os seus produtos e serviços no “InnovationSpace”, um espaço de exposição especializado no referido evento ITU Telecom World.

Sobre a ITU

 

ITU é a agência das Nações Unidas especializada para as tecnologias de informação e comunicação – TIC

É a agência responsável na atribuição de espectro global de rádio e órbitas satélite, desenvolvimento de standards técnicos que assegurem a interconetividade simplificada de tecnologias. Também é responsável por ações de promoção e acesso à tecnologia por parte de comunidades mais isoladas e desfavorecidas por todo o globo.

YIC_1O compromisso da ITU é conectar todos os cidadãos do mundo – onde quer que vivam e com os meios que tenham. Na sua atividade protegem e apoiam todos os cidadãos no seu direito fundamental de comunicarem.

Nos dias de hoje, as TIC estão em todos os setores. Ajudam-nos a gerir e a controlar sistemas de emergência, fornecimento de bens essenciais  como a água, energia e comida. Suportam os cuidados médicos, serviços governamentais, mercados financeiros, sistemas de transporte e gestão ambiental. E também permitem que as pessoas comuniquem com os seus colegas, amigos e familiares em qualquer altura, praticamente em qualquer lugar.

Aderindo ao programa de membro da ITU são disponibilizados os benefícios das modernas tecnologias de comunicação a todas as pessoas em qualquer lugar numa forma eficiente, segura, simples e económica.

O associado ITU permite saber Quem-é-Quem no sector TIC. Trata-se de uma instituição única entre as agencias da ONU englobando associados tanto do sector público como do privado. Assim, além dos 193 Estados Membro, também integram a ITU, associados de reguladores TIC, instituições académicas líderes globais e cerca de 700 companhias privadas.

Num crescente mundo interconectado, ITU é a única organização global que integra todos os intervenientes neste dinâmico, inovador e crescente sector.

Descarregar brochura ITU

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*