Category Archives: Smart Cities

The New York Times organiza conferencia exclusiva sobre Smart Cities

Haverá lugar à discussão sobre o futuro das Smart Cities. E é praticamente um tema que na América do Norte nem tem feito muito caminho, apesar de muitas das cidades mais inteligentes, prosperas, criativas e felizes se situarem nesta zona do globo. Mesmo assim, fica a questão para o debate: será a tecnologia fundamental para alterar o panorama urbano?

0
file_germany_economy_huawei_ole212_49274985_0 IoE

Todos com pressa do 5G sem que precisemos dele…ainda!

Numa conferência de imprensa exclusiva, no âmbito do LTE World Summit 2015, que decorreu em Amsterdão, e que juntou ainda eventos exclusivamente dedicados ao 5G e ao tema dos Carros Conectados, a Huawei revelou que até 2018 vai investir cerca de $600 Milhões em investigação.

0

Lisboa, Porto, Bragança e Oeiras no Top 4 das Smart Cities Portuguesas

Um estudo recentemente desenvolvido pela IDC - Analyze The Future, coloca Bragança, Lisboa, Porto e Oeiras no Top 4 das cidades inteligentes em Portugal. Este estudo, apresentado em Lisboa no evento das Cidades Analíticas, organizado pelo Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território e Energia, foi desenvolvido com o intuito de criar um instrumento independe de avaliação, criar pontos de referência e apontar as boas práticas em áreas como energia, meio ambiente, governo, mobilidade, edifícios e serviços e comunicação.

0

Fórum Regiões do Futuro 2015

Este encontro é dirigido aos mais altos representantes da administração local, tendo como objectivo a promoção de uma agenda inovadora para a sustentabilidade, abordando as mais diversas áreas da gestão pública, sobretudo com impacto na criação de riqueza e a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.

0

As Cidades Asilo

Por outro lado, as populações jovens, criativas, inovadoras, tendencialmente integram os contingentes desse êxodo, deixando para trás o campo, a província, as pequenas cidades, onde se acentuam as diferenças demográficas. Resistem as camadas de cidadãos mais envelhecidas, acomodadas, com poupa propensão para o risco, para a inovação e empreendedorismo.

0

Pai! Mãe! Criei uma Start Up (I)

Este movimento Startup está também a ser o motor de muitas cidades no mundo e, como é óbvio, também em Portugal, pois o simples facto de muitos jovens brilhantes se deslocarem para os ecossistemas criativos em busca da sua oportunidade dourada, faz com que a massa crítica se desenvolva nessas cidades e deixe outras na penumbra. E as cidades adoptam este sistema, alimentam-no, colocam todos os holofotes nos nichos que mais cedo ou mais tarde podem vir a degenerar numa coisa bem pior que jovens endinheirados e bem sucedidos. Fazem-no porque politicamente também precisam mostrar resultados, que as coisas estão a melhorar, que o desemprego diminui e que temos “jovens de sucesso garantido”.

0